Biblioteca • Notícias

Suspeito de pedofilia, juiz do AM tem prisão decretada

Folha de São Paulo
 
25/06/2009

Folha de São Paulo

JUSTIÇA

DA AGÊNCIA FOLHA, EM MANAUS

O TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, em Brasília, decretou ontem a prisão de quatro pessoas, incluindo um juiz da Vara do Trabalho de Tefé (AM), por suspeita de envolvimento em crime de corrupção de menores e pedofilia.
Foram presos o chefe do setor de execuções da vara, João Batista Coelho, e a diretora da divisão, Alzenir da Silva. O juiz Antônio Carlos Branquinho e outra pessoa, cujo nome não foi divulgado, estão foragidos da polícia.
A Folha não conseguiu localizar advogados dos suspeitos detidos e do juiz. A Polícia Federal não informou se os presos já constituíram advogados.
Os mandados de prisão foram cumpridos por policiais federais deslocados de Brasília. Também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão relacionados ao caso. Os agentes chegaram a Tefé em um avião da Polícia Federal e estavam acompanhados de um procurador do TRF.
Segundo a Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 11ª Região, no Amazonas, os dois servidores presos foram transferidos e estão em uma penitenciária de Manaus. O presidente da associação, Adilson Dantas, afirmou que o juiz alvo do mandado de prisão não procurou a assessoria jurídica do órgão.
Há um mandado de prisão contra o magistrado e ele não foi localizado, disso temos conhecimento. Mas ele não nos procurou, disse Dantas. (KÁTIA BRASIL)

 
Voltar
 

Compartilhar


Tag Cloud


Traduzir


Siga a CCR

FACEBOOK RSS Feeds

Curtir

CCR | COMISSÃO DE CIDADANIA E REPRODUÇÃO
Rua Morgado de Mateus, 615 - São Paulo - SP - CEP 04015-902
Telefone: + 55 (11) 5574-0399 - Fax: (11) 5575-7372 | ccr@ccr.org.br